<$BlogRSDURL$>

quinta-feira, junho 02, 2005

Meu Amor, Minha Perdição 


Amor proibido
Um filme inglês com um excelente elenco que conta uma história apaixonante e perturbante mostra-nos com um argumento interessante que não existem famílias perfeitas. Numa época clássica, um amor proibido, mas duradouro, vai perturbar uma família aparentemente feliz.

João Tomé - in Destak

Numa época em que o amor não costuma estar no topo das prioridades, um homem aparentemente feliz com a sua vida vai arriscar tudo pelo amor e paixão que sente pela irmã excêntrica da sua esposa. O realizador Thaddeus O’Sullivan – que dirigiu o filme Ordinary Decent Criminal (2000) com Kevin Spacey, que não estreou em Portugal – dá-nos uma perspectiva incisiva e interessante sobre opções amorosas difíceis, que são baseadas num amor tão fortuito quanto profundo.
Numa sociedade londrina da primeira metade do século XX as tonalidades escuras que o irlandês O’Sullivan incute ao ambiente que circunda a história dão uma perspectiva realista e sincera de uma sociedade vitoriana onde imperava uma moral algo cínica, onde a aparência prevalecia. É esse contraste, entre a família perfeita, e o amor verdadeiro em que assenta a narrativa.
Paul Bettany (que será o albino no filme Código Da Vinci) é Rickie um homem de negócios sereno e bem sucedido, casado com a bonita e fiel Madeleine (Olívia Williams). Um casal que aparenta ser feliz e com um filho chamado Anthony.
Helena Bonham Carter é a excêntrica e liberal irmã de Madeleine, Dinah, que está sempre a rejeitar as tentativas da irmã em lhe arranjar um marido. Mas Dinah e Rickie acabam por se apaixonar e tornar-se amantes secretos, num amor duradouro, que parecia pouco provável.
É a partir daqui que a tragédia inunda uma dupla relação que parecia para ficar, quando Dinah fica grávida de Rickie e está determinada a ter a criança. Depois de complicações de parto Dinah abandona Rickie, mas o forte amor que os unia volta a materializar-se anos mais tarde ao ponto dele assumir definitivamente a sua relação de infidelidade e mudar-se para casa de Dinah – algo muito mal visto na altura. .
Entre enganos, mortes e a velhice as duas irmãs acabam encontrar uma na outra algo que julgavam perdido. Este é um filme britânico de época, bem construído e que dá que pensar sobre o rumo natural do amor e da vida.

Título Original: The Heart Of Me
De: Thaddeus O´Sullivan
Com: Helena Bohnam Carter, Paul Bettany, Olivia Williams
Origem: Reino Unido/Alemanha, 2002 - e só estreia agora em Portugal...
Duração
: 96 minutos

Comments: Enviar um comentário

This page is powered by Blogger. Isn't yours?